Estudo aponta que 86% das empresas brasileiras têm irregularidades

Tempo de leitura: 1 minuto

A organização internacional Endeavor publicou um estudo que aponta que 86% das empresas brasileiras estão com algum tipo de irregularidade perante os órgãos de controle. As pendências incluem o não cumprimento de exigências de prefeituras ou da Receita Federal e atrasos no pagamento de impostos.

O comércio lidera as irregularidades, totalizando 96% dos estabelecimentos, enquanto na indústria 92% das empresas não estão completamente regularizadas. O estudo foi feito com 2.550 companhias em todos os estados do Brasil.

A pesquisa atribui os altos índices de irregularidades à complexidade da burocracia brasileira. De acordo com a publicação, esse valor ilustra as dificuldades impostas pelo ambiente regulatório e a disparidade entre as exigência impostas pelo Estado e a realidade das companhias.

A Endeavor chama a atenção para o fato de que os índices de irregularidades são elevados até mesmo nos escritório de advocacia (80%) e de contabilidade (88%), áreas de trabalho que deveriam estar mais preparados para lidar com burocracias.

Burocracia faz o número de empresas inativas crescer

As dificuldades causadas pelo excessos de normas e obrigações gera um grande número de empresa que continuam existindo, porém sem funcionar. De acordo com a estimativa do estudo, 20% dos inscritos no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) estejam inativos, representando 3,7 milhões de empresas.

Leia também “6 maneiras de saber se a sua empresa segue a lei“.

A pesquisa aponta algumas medidas que poderiam reduzir a burocracia e facilitar a abertura e fechamento de empreendimentos, como: integrar diferentes órgãos e secretarias, simplificar e automatizar as cobranças tributárias e inverter a lógica de fiscalização, dando mais valor nas autodeclarações dos empreendedores.

Com informações da EBC

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: