Atendimento ao cliente durante a pandemia do Coronavírus

Tempo de leitura: 3 minutos

É pelo atendimento que o cliente tem um contato mais direto com a sua empresa, e dependendo de como for esse contato, ele pode optar por seu produto ou ir procurar o concorrente. Em tempos de Coronavírus, embora o atendimento seja desafiador, existe a vantagem de estarmos em um mundo conectado, onde se houver planejamento e calma para executar uma boa comunicação comercial, você não terá problemas para atender o cliente da melhor maneira. 

Com a recomendação do isolamento social, o segmento de varejo é um dos mais afetados economicamente. Para superar esse momento da melhor forma, alguns hábitos de prevenção devem ser inseridos e evitados em nossa rotina, principalmente no atendimento, que deve ser feito, se possível, de forma remota. 

Lidar com pessoas é uma tarefa complicada para qualquer um, principalmente para vendedores, que falam com diversos clientes e recebem milhares de solicitações diariamente. Por isso, desenvolver habilidades e contar com recursos que torne esse trabalho mais fácil é fundamental para o sucesso.

Confira algumas recomendações que você pode adotar em seu negócio:

1. A primeira coisa a se fazer é gerar comunicações para seus clientes de como a sua empresa está atuando diante da crise. Por exemplo: muitos representantes estão trabalhando de forma remota, fazendo o envio do catálogo online, muitas lojas implantaram o delivery e muitas outras ações que evitam a aglomeração e o deslocamento desnecessário de pessoas. Isso gera mais tranquilidade de quem compra e evita a sobrecarga do atendimento.

2. Caso sua empresa seja um negócio que pode estar de portas abertas, seguindo as recomendações do seu município, é preciso ter muito cuidado. Nada de aperto de mão, abraço e outros cumprimentos ao cliente. Esses atos ajudam na transmissão do vírus e devem ser evitados. Palavras de gentileza, sorriso no rosto e ter cuidados de higiene no seu estabelecimento comercial podem deixar o cliente mais à vontade e seguro. É importante lembrar que as conversas devem acontecer com no mínimo um metro de distância e é recomendado ter frascos de álcool gel disponíveis para todos os clientes e funcionários.

Sempre que tiver contato com dinheiro, sacolas, cartões e maquininhas de cartão, objetos que passam na mão de várias pessoas, faça a devida higienização, pois o coronavírus pode ser transmitido indiretamente.  

3. O número de chamadas e contatos de clientes devem aumentar nos próximos dias e sua empresa precisa evitar ao máximo que qualquer pessoa fique aguardando muito tempo para ser atendido.

4. Crie um atendimento especial para demandas emergenciais para que elas não sigam o prazo padrão das outras solicitações.

5. Se você tiver um time de atendimento treine todos os colaboradores para acolher, ter empatia diante da situação e apresentar uma solução eficiente para o cliente. Sua empresa precisa ser criativa, sensível e ter bastante atitude para propor alternativas que podem amenizar os transtornos causados para os clientes. Em momentos de crise, toda a empresa precisa estar preparada para atender um cliente com eficácia. 

6. O e-mail, WhatsApp e redes sociais se tornaram um dos principais canais de comunicação das empresas, mas é importante saber utilizá-los, pois o cliente não pode esperar horas ou dias para receber uma resposta. Por isso, determine o horário de atendimento em todos os canais de contato para verificar todos os e-mails e mensagens. 

7. Tranquilize seu cliente e tenha sensibilidade diante da situação. Infelizmente, as pessoas estão apavoradas com o cenário atual e são em momentos de crise que se faz mais clientes fiéis. 

Chegou a hora de valorizar ainda mais os relacionamentos comerciais e transformar a comunicação da sua empresa com os clientes. O atendimento também é um fator decisório de compra!

O que sua empresa tem colocado em prática para melhorar o atendimento? Conta pra gente nos comentários. Boas vendas!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: