Como a gestão financeira estratégica pode te ajudar a lucrar mais

Tempo de leitura: 4 minutos

Você tem um departamento financeiro bem estruturado? As finanças da sua empresa estão positivas? Você está tendo lucro? Se a sua resposta para qualquer uma das questões foi “não”, provavelmente você está com problemas.

Sem um departamento financeiro funcionando a todo vapor, da maneira correta, sua empresa corre sério risco de fechar as portas, já que essa área do negócio é a que sustenta todo o resto.

Segundo a pesquisa “Sobrevivência das Empresas do Sebrae” , 23,4% das empresas abertas em 2012 fecharam em menos de 2 anos de existência. Entre os principais motivos estão: falta de planejamento do negócio (18%) e gestão financeira eficaz (13%).

Não pense que deixar somente o setor financeiro de maneira sólida fará com que sua empresa lucre e fique de pé. Todos os outros setores precisam trabalhar juntos. Mas como nosso foco hoje é na parte financeira, vamos te mostrar como esse departamento pode ser um impulsionador de negócios para o setor comercial e como você pode utilizá-lo da melhor forma.

1. Estruture o setor financeiro

A primeira coisa a se fazer é estruturar o setor financeiro do seu negócio. Assim, você vai conseguir dados muito valiosos dos clientes e poderá responder perguntas, como: qual é o seu faturamento mensal? Quais são os clientes que mais geram lucro? Qual grupo de cliente possui mais inadimplentes? 

As métricas financeiras são primordiais para você conhecer sua empresa. Com elas é possível avaliar se a sua estratégia de vendas está sendo assertiva e se você está indo em busca dos clientes certos.

Por meio de um software de gestão, como o SuasVendas, você consegue melhorar sua organização financeira e ainda emitir relatórios completos. Isso pode te ajudar a ganhar tempo e evitar possíveis erros com cálculos manuais ou levantamento de informações em documentos físicos. 

2. Faça avaliações das suas estratégias 

Você sabe qual é o Custo de Aquisição por Cliente (CAC)? Se não sabe, está na hora de começar a ficar por dentro dessa métrica.

Basta somar os gastos que teve nos departamentos de marketing e vendas em um determinado período e dividir pelo número de clientes conquistados no mesmo período de tempo. Assim, você vai saber o valor exato do CAC e se está tendo prejuízo ou lucro. 

Faça essa avaliação mensalmente para saber se houve aumento ou se precisa mudar alguma estratégia para melhorar os resultados. Mas saber somente o que o CAC mostrou não vai te ajudar, é preciso avaliar todas as estratégias que você tem usado para atrair clientes e o que tem dado certo ou não.

Fique atento no tempo para recuperar o CAC, pois é importante nunca ultrapassar 12 meses. Sua empresa não pode passar um ano com o fluxo de caixa no negativo. O ideal é que esse tempo chegue, no máximo, a 6 meses.

3. Compare os dados financeiros com outras informações

Fazer análise com os dados que citamos acima é uma ótima forma de ter um panorama geral da situação da organização. Mas se você combinar esses dados com outros, como ticket médio, tipo de serviço contratado, região do país ou qualquer outra informação importante para o seu negócio, fará com que você tenha uma visão ainda mais ampla de toda a situação.

Por exemplo: você pode descobrir que os clientes que pagam por meio de boletos bancários são mais inadimplentes do que os que utilizam cartão. Com essa informação, é interessante reverter a situação para que os clientes inadimplentes comecem a utilizar cartão ou outra forma de pagamento mais eficaz.

Também é possível encontrar os clientes que deixam de ser seu cliente com mais facilidade e criar uma espécie de filtro para não fazer mais negócios com as pessoas que se encaixam nesse perfil. 

Leia também “Geolocalização de clientes garante economia e otimização de tempo”.

4. Converse com os clientes

Se você está no vermelho e não sabe o que fazer, está na hora de procurar onde está o problema. Converse com seus clientes e consiga dados importantes que você ainda não tem. Isso pode acabar gerando um novo modelo de negócio ou até mesmo proporcionar a criação de um novo serviço ou produto. Só não pode ficar parado no lugar esperando que as coisas melhores.

A partir das informações colhidas você pode aprimorar ainda mais seu discurso de vendas e estratégia de marketing para atender os clientes da melhor forma. Para extrair mais dados, faça pesquisas qualitativas e quantitativas.

5. Foco nos dados

Nos tópicos acima você viu como é importante saber informações importantes da sua empresa para vender mais e da forma correta. A gestão financeira estratégica vai fornecer dados primordiais para aumentar a lucratividade do seu negócio, mas se você coletar mais informações dos outros setores, a possibilidade de todos os departamentos evoluírem é gigantesca.

Focar nos dados faz com que suas estratégias de vendas sejam cada vez mais assertivas, já que o “achismo” deixa de existir e você se baseia em informações reais. Com isso, seu produto ou serviço vai resolver mais problemas, o atendimento vai melhorar, o marketing chegará ainda mais perto da persona ideal e haverá ainda mais conversão de leads para clientes. 

Que tal começar a criar essa cultura na sua empresa hoje mesmo? Qualquer dúvida, basta deixar seu comentário abaixo. Boas vendas!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: