A importância do controle financeiro para representantes comerciais

Tempo de leitura: 2 minutos

Fazer um bom planejamento financeiro é importante para todo tipo de profissionais, mas, principalmente, para um representante comercial, já que a maioria trabalha por conta própria. Porém, nem todos sabem como se organizar e manter um controle efetivo das finanças. 

No post de hoje, você vai conferir algumas dicas de como ter um controle financeiro, trabalhando sozinho(a) ou não.

Controle financeiro é essencial para as vendas

Se você quer que os negócios caminhem bem, é preciso fazer um planejamento financeiro infalível. O representante comercial ou empresa que trabalha com uma equipe de representantes, precisa estar sempre com as contas em dia.

Se você é um profissional ocupado e que não consegue tirar um tempo para analisar os números do seu negócio, é mais que necessário ter um software de gestão para manter um bom controle das finanças.

No software de gestão SuasVendas, por exemplo, você fica por dentro do fluxo de caixa, quanto precisa receber e pagar de comissão, quanto pode ser usado para investimento, gerencia receitas e despesas com exatidão. Além disso, o sistema oferece relatórios personalizados.

O controle financeiro é algo que influencia na tomada de decisões de uma empresa de representação comercial e dos profissionais, principalmente porque é a partir do faturamento dos negócios que conseguimos notar se as estratégias de vendas estão funcionando e se é preciso modificá-las.

Leia também “A força da tecnologia para representantes comerciais”.

Gastos profissionais X Gastos pessoais

Uma dica valiosa para o gestor de uma empresa ou representante comercial que trabalha sozinho, é ter claro o limite entre gastos pessoais e os profissionais.

É uma questão que precisa estar bem nítida, pois a empresa não precisa arcar com despesas não cabíveis a ela, para que nenhum prejuízo chegue ao setor contábil.

Para o autônomo, é importante saber quanto gastará com telefone, combustíveis e visitas no geral, para que não gaste mais do que o necessário.

Deixe tudo registrado

Tenha um controle de quanto dinheiro entra, despesas com contas, funcionários (se houver) e despesas variáveis.

Isso vai te ajudar a ter noção de quanto precisa para suprir cada despesa e não gastar mais do que deve.

Ter organização é fundamental para o que o representante acompanhe de perto toda a movimentação do dinheiro da empresa. Portanto, estabeleça uma rotina de registro que precisam ser feitas logo após em que as entradas e saídas acontecerem. Mantenha essa prática com disciplina!

Faça projeções a longo prazo

O bom planejamento financeiro precisa ser feito a longo prazo também. Tanto da situação da empresa quanto do mercado. Essa prática permite alinhar o investimento para fazer o negócio rodar com o faturamento que vai gerar, evitando problemas com o capital de giro.

Conhecer como está o ciclo operacional das atividades do negócio e saber definir o valor das despesas que existem em cada etapa contribui para que você se planeje de acordo com seu potencial de retorno.

Agora que você sabe da importância do controle financeiro, que tal colocar nossas dicas em prática? Qualquer dúvida pergunta pra gente nos comentários.

Boas vendas!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: