Como posso fazer um controle de estoque eficaz?

Tempo de leitura: 3 minutos

A maioria das empresas atuam com foco total no aumento dos lucros, ou seja, todos os seus esforços são direcionados para o controle de venda e mostruário de produtos e serviços, deixando de lado a gestão eficiente de recursos. Isso leva a companhia a ter um estoque desorganizado, com perda de produtividade da equipe e queda das vendas.

Ter um controle eficaz do estoque  permite que você saiba a entrada e saída de todas as mercadorias. Além disso, é possível ter acesso a informações precisas sobre a demanda de cada item, lucros, prejuízos e extravios.

O que fazer na prática para fazer uma gestão de suprimentos eficiente? Selecionei 5 dicas importantes para você fazer isso da melhor maneira. Confira:

  1. Classificação de materiais

A classificação de materiais consiste na separação dos itens em famílias ou grupos. Por exemplo, faça uma separação por finalidade do uso dos itens como matéria prima, bons para vendas no varejo, consumo interno da empresa e outros.

Nesse caso, nas matérias primas podem entrar todos os materiais que requerem alguma transformação antes de serem comercializados. Assim, esse grupo ficaria diretamente ligado à produção e vendas.

A implantação de uma gestão de qualidade permite a definição de uma estratégia de fluxo organizado nas compras de matérias primas, evitando o acúmulo de materiais.

Já o grupo para vendas no varejo a ligação direta é com a demanda comercial, tendo a empresa que manter um estoque mínimo.

Por fim, temos o grupo de suprimentos internos da organização, que geralmente tem uma demanda pré-fixada, com uma frequência estimulada.  

  1. Controle

O controle de transação, quantidade, custo unitário e total das mercadorias vendidas é primordial para qualquer empresa, já que com ele é possível visualizar a lucratividade por material e análise de viabilidade no catálogo de produtos. Esse tópico parece óbvio, mas muitas companhias têm prejuízos com a falta de controle.

  1. Financeiro

O controle financeiro do estoque é o acompanhamento de tudo que é comprado e vendido. Para fazer uma boa gestão financeira é necessário ter um custo efetivo de cada entrada, saída e também o custo médio de todos os itens.

  1. Revisão do estoque

É recomendado realizar periodicamente o levantamento de itens em estoque, com o objetivo de comparar a quantidade controlada financeiramente com o estoque físico.

  1. Giro de estoque

Para fazer o giro de estoque é preciso ter em mãos todos os controles de movimentação de materiais. Com isso, é possível saber quanto tempo cada item demora pra sair de estoque, identificar os itens com maior movimentos e outros.

Implantando o controle do giro, sua empresa poderá definir quantidade de estoques mínimos, compras médias e outros. Essas definições permitem um controle eficaz das compras, trazendo muitas vantagens para a empresa.

Leia também “Qual a importância do controle de estoque para o meu negócio?”

Como iniciar um controle de estoque?

Além de manter as estruturas físicas organizas, o gestão de estoque adequada permite otimizar tarefas. Portanto, os tópicos acima precisam fazer parte do planejamento estratégico de toda empresa, envolvendo técnicas e processos atualizados, permitindo a redução de cursos e melhorando a produtividade e distribuição.

Para começar a implantar o controle de estoque na sua empresa siga os passos abaixo:

  • Controle corretamente  todas as saídas e entradas de mercadoria, utilizando fichas de movimentação ou um sistema de controle de estoque.
  • Torne o uso de requisições para a retirada de materiais uma rotina, identificando solicitantes, centros de custos e objetivo de retirada.
  • Efetue a contagem de itens com frequência. Esse inventário rotativo garante integridade entre o financeiro e controle físico do estoque.
  • Defina normas de movimentações de itens, como regras de aprovação, quantidade mínima de cotações por compra efetuada e outros.
  • Crie regras e procedimentos para os fornecedores, como definição de custo estimado, marcas preferenciais, prazos de entrega e garantia de fornecimento.
  • Comece a fazer compras planejadas, de acordo com a demanda e sazonalidade de cada produto para evitar atraso na entrega e preços elevados.
E se minha empresa optar por um sistema de gestão?

Caso você queira simplificar os processos comerciais e ganhar mais agilidade, utilizar um software de gestão é o mais indicado.

Com o SuasVendas você pode fazer um controle de estoque completo e integrado com financeiro da sua empresa, obtendo informações de maneira ágil, melhorando a distribuição dos seus produtos.

Além disso, o sistema mantém seu estoque sempre atualizado, de acordo com o fluxo de vendas. Que tal fazer um teste grátis por 14 dias e aproveitar nossos benefícios?

Caso tenha alguma dúvida, pergunta pra gente nos comentários. Boas vendas!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: