4 Dicas para fortalecer seu funil de vendas

Tempo de leitura: 2 minutos

Ter um funil de vendas saudável é um grande desafio para qualquer empresa, pois tão difícil quanto encontrar um funil que funcione é saber otimizá-lo. Para melhorar suas estratégias, é preciso observar as boas práticas que têm sido adotadas em negócios de vários tipos de segmentos e que podem ser aplicadas em sua empresa.

Pensando nisso, reunimos nesse post algumas dicas que tem ajudado a fortalecer o funil de vendas de diversas empresas, aumentando seu faturamento. Confira abaixo:

  1. Faça uma boa seleção dos contatos

Nem sempre ter mais oportunidades de vendas no funil é o melhor para sua empresa. Se o volume de negócios estiver muito elevado, os vendedores não conseguirão dedicar o tempo necessário para cada cliente.

Diante deste cenário, sua equipe pode estar deixando de atender corretamente negociações que tem grande potencial, desperdiçando tempo com oportunidades inferiores.

A análise periódica do funil de vendas elimina tudo que pode ser considerado uma distração para os vendedores. Atente-se a isso!

  1.  Se atente a saúde do ciclo de vendas

O principal objetivo de muitas empresas é fazer mais em menos tempo. Em uma estratégia comercial, esse tipo de abordagem costuma ser a redução do ciclo de vendas.

As vantagens desse encurtamento são muitas e, por isso, empreendedores deixam de lado as consequências negativas, como tirar parte da construção de um relacionamento entre a empresa e possíveis clientes. É muito ruim quando uma pessoa parece estar forçando algum nível de intimidade sem te conhecer direito, não é mesmo? Pois isso também se aplica ao processo de vendas.

Portanto, se você optar por fazer a redução do ciclo de vendas, é preciso considerar todos as vantagens e desvantagens com cautela, analisá-los e identificar se o encurtamento pode resultar em perdas recorrentes de clientes.

  1. Documente o funcionamento do funil

Muitas pessoas pensam que são simples as etapas do funil de vendas, porém muitos vendedores ainda não sabem como funcionam, e isso pode enfraquecer todo seu processo comercial.

Como qualquer ferramenta, é necessário que os usuários tenham total domínio sobre suas características, e com o funil isso não é diferente. Para evitar esse tipo de problema, documente o funcionamento dele, detalhando cada função e tarefas relativas a cada etapa.

Isso ajudará na formalização dos processos, além de servir como material de treinamento para novos vendedores.

  1. Monitore o follow up

Pesquisas indicam que cerca de 80% das vendas são realizadas entre a quinta e décima segunda tentativa de follow up, mas 70% dos vendedores realizam no máximo duas tentativas.

Caso você identifique que uma oportunidade foi perdida ou se mantém estagnada em algum estágio do funil sem que um número considerável de follow up foi feito, chegou a hora de entrar em contato novamente com o cliente.

Um CRM de qualidade pode te ajudar a acompanhar as atividades do follow up de cada vendedor e também para estimulá-los a realizá-los com a frequência necessária.

Tem alguma dúvida? Pergunta pra gente nos comentários e não se esqueça de compartilhar o post com os amigos.

Boas vendas!

Com informações do blog do agendor

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: