Como converter ações em vendas

Tempo de leitura: 2 minutos

Muitas empresas têm bastante dificuldade em converter os leads conquistados em vendas. Pensando nisso, listamos cinco dicas que você precisa seguir para fechar mais negócios. Confira:

  1. Saiba quem são seus leads

A primeira dica, uma das mais importantes, é saber com quem você está falando. Ou seja, procure saber mais sobre os leads da sua base. Qual a profissão deles? Quais os hábitos de consumo? Quais outras empresas eles gostam de comprar? Quais suas necessidades?

Para melhorar o resultado de conversão é preciso abrir canais de comunicação com esse público, incentivando comentários no site, realizando enquetes nas redes sociais e também conversando pessoalmente.

  1. Envie e-mail marketing

Depois de conhecer seu público, é preciso definir metas e objetivos, produzir um conteúdo de qualidade e mensurar todas as ações. O e-mail marketing é uma ótima opção, pois é uma ferramenta de comunicação mais direta que as redes sociais, isso faz com que ele seja um dos meios mais eficientes para melhorar o vínculo entre empresas e clientes.

Apesar de várias pessoas receberem o mesmo e-mail, a comunicação é assertiva e as chances de envolvimento são enormes. Porém, é preciso fazer isso da maneira correta. Não lote a caixa de e-mail do cliente, principalmente com conteúdos irrelevantes.

  1. Segmente os leads

Cada lead tem um perfil diferente, por isso, tratá-los de formas distintas é essencial. Além disso, há diferentes estágios para os leads, desde os que buscam apenas conteúdo gratuito, até os que estão em busca do seu produto ou serviço.

Fazer uma campanha focada apenas na conversão não terá tanto resultado, já que muitos potenciais clientes ainda estarão no topo ou meio do funil.

Atenção: é necessário converter os leads que estão no fundo do funil e também fazer com que os outros cheguem até esse estágio.

  1. Faça um atendimento personalizado

A assertividade do e-mail marketing está na personalização do conteúdo. Ou seja, é necessário utilizar uma linguagem que faça o lead se sentir o único interlocutor da conversa. Tratar um consumidor com personalização e fazer com que ele se sinta especial aumenta a possibilidade de conversão.

Você pode iniciar cada e-mail com o nome do lead e sem precisar fazer isso manualmente. Além disso, cada usuário precisa receber conteúdos diferentes, conforme o momento do funil de vendas no qual ele se encontra.

  1. Automatize

Para não perder tempo, fazer a automação de e-mails é essencial. Ela irá pavimentar a estrada com os conteúdos corretos para cada lead e lhe proporcionar mais agilidade.

Fazer tudo isso sozinho(a) demanda muito esforço e tempo. Por isso, busque apoio profissional e softwares para automatizar as tarefas e trazer melhores resultados.

Que tal colocar todas as dicas em prática para vender ainda mais? Se tiver alguma dúvida pergunta pra gente nos comentários e compartilhe o artigo com os amigos.

Boas vendas!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: