Crise Econômica: 5 Dicas Para Sobreviver à Ela

crise econômica
Tempo de leitura: 2 minutos

Crise econômica brasileira, crise política e a diminuição do crédito são temas que têm causado um impacto inegável na vida dos brasileiros.

A complexidade e turbulência da nossa economia têm deixado muitos consumidores se sentindo confusos. Ainda que seja importante tentar entender o que está acontecendo na nossa economia, é ainda mais importante se capacitar para cuidar das finanças – entradas mensais, despesas e investimentos.

Crise econômica vs. gestão financeira inteligente

É indispensável manter o otimismo em uma situação como essa, mas lembre também que você sempre pode (e deve) colocar em prática técnicas para controlar o orçamento e despesa. A tarefa nem sempre é fácil, mas os fundamentos básicos para uma gestão financeira inteligente sempre se aplicam.

No post Gestão de Custos Em Tempo de Crise falamos sobre formas práticas de cortar custos dentro da sua empresa, mas a crise também afeta a vida familiar. Como lidar com excesso de gastos e diminuição de rendimento dentro de casa?

Mudar hábitos de consumo deveria ser o primeiro fundamento a seguir, e talvez seja a parte mais complicada que você irá enfrentar enquanto sobrevive à crise financeira. Mas viver como se nada tive acontecendo é o erro mais comum que as pessoas fazem enquanto enfrentam momentos desafiadores e pode resultar em uma dívida insuperável.

Está claro que a atual recessão econômica não será uma questão temporária. Tomar medidas para proteger o seu orçamento será fundamental na hora de garantir a habilidade em sobreviver a essa tempestade econômica.

1 – Reavalie hábitos

Se seus rendimentos ou despesas se modificaram, seus gastos também precisam mudar. Hábitos antigos são difíceis de modificar, mas a sua família terá que esquecer algumas tradições como jantar fora na sexta-feira, ou o cinema de domingo, pelo menos até esta crise econômica passar e a situação financeira se estabilizar. Talvez seja o momento de pensar em formas alternativas de lazer e de consumo. Veja nesta reportagem  como usar a criatividade para driblar a crise e reduzir custos.

2 – Pequenas mudanças 

Até mesmo as pequenas mudanças vão ter impacto, e mais importante, irão te preparar para mudar seus hábitos. Sua família ficará mais forte financeiramente a longo prazo, e assim que você voltar para o caminho certo. Comece a economizar para algo especial (uma viagem em família, um carro novo).

3 – Consumo inteligente

Sempre compre com uma lista de mercado para você não gastar em excesso. Cupons de desconto são uma boa ideia, caso você já tenha planejado comprar o item antes. A ideia é evitar usar o crédito para itens desnecessários e não comprar nada que não tivesse sido planejado.

4 – Lide com os problemas

Se você tem grandes grandes e iminentes questões financeiras, tais como dívidas não pagas ou problemas com impostos, é a hora de lidar com esses problemas de frente. Fale com seus credores e faça acordos de pagamentos aceitáveis. Colocar em prática um plano para remover essas questões vai fazer bem a sua saúde financeira e mental.

5 – Espere pelo inesperado

Esforce-se para fazer uma poupança de pelo menos 10% dos seus rendimentos. Se essa meta parece muito inatingível, tente separar uma pequena quantia automaticamente deduzida do seu pagamento em uma conta de poupança.

Conclusão

Por fim, as dicas mencionadas acima são algumas questões que você precisa considerar na atual crise econômica brasileira. Quando você fizer isso, você terá a chance de se proteger, driblar a crise econômica e esperar com muito mais otimismo por tempos melhores.

ConsultorSV

www.suasvendas.com

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: