As principais diferenças entre vendas B2B E B2C

Tempo de leitura: 2 minutos

Antes de fazer qualquer ação de vendas é fundamental que a empresa saiba com qual público está falando.

Não adianta investir tempo, trabalho e divulgação de um produto ou serviço se a linguagem não for apropriada aos clientes e se eles não conseguirem entender o que está sendo dito.

Por isso, os conceitos de vendas B2B (Business to Business) e B2C (Business to Consumer) são essenciais para o sucesso de qualquer estratégia. Confira a seguir quais as principais diferenças entre os dois:

B2B (Business to Business)

É quando o consumidor de uma empresa é outra empresa. Muitas vezes os relacionamentos das vendas B2B são mais duradouros pois a compra não é motivada somente pela necessidade momentânea do cliente.

Como a venda não é feita por impulso, no B2B a razão é um fator determinante. Para ter sucesso nas vendas, o vendedor precisa dizer informações relevantes sobre seus serviços ou produto.

As compras costumam serem maiores e mais frequentes. Fatores como confiança no fornecedor, limite de crédito oferecido e prazo de entrega são tão relevantes quanto o preço.

Para as vendas  B2B, o marketing de conteúdo é uma boa estratégia para educar seu comprador, gerar credibilidade e aumentar as chances de conversão.

B2C (Business to Consumer)

Diferente da B2B, a venda é feita diretamente para o consumidor final. Ela acontece no varejo, é motivada por fatores como necessidade momentânea do cliente, desejo de consumo, componentes emocionais e valor agregado do produto.

Uma grande diferença da venda B2C é que a fidelização do consumidor é menor comparada a venda B2B, pois os varejistas estão sempre disputando a atenção do cliente.

O principal desafio de empresas B2C é despertar o interesse a atenção do maior número de pessoas possível.

O ticket médio desse tipo de venda costuma ser menor e a recorrência de compra também. O preço é fator determinante, assim como a credibilidade da marca.

As estratégias de marketing são marcadas por ações massivas, com baixo custo de aquisição de clientes, com o objetivo de atingir o um grande público para otimizar as taxas de conversão. Diferente no B2B, que acontece justamente o contrário, pois o custo de aquisição de clientes é mais elevado e as ações são segmentadas e bem dirigidas.

Agora que você já sabe um pouco sobre o mercado B2B e B2C, poderá definir melhor suas estratégias. Independente do tipo de venda que sua empresa trabalha, é importante sempre oferecer uma experiência de compra de qualidade.

Ainda tem alguma dúvida? Pergunta pra gente nos comentários e nos conte mais sobre sua empresa.

Boas vendas!  

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: