Venda de produtos consignados pode aumentar as vendas

Tempo de leitura: 3 minutos

O pedido de consignação é ideal para quem deseja aumentar as vendas sem investir muito, já que funciona como um contrato estimatório, no qual o fornecedor faz um acordo com o vendedor, comprometendo-se a deixar seus produtos com ele para que sejam expostos para o público. Posteriormente, em um período agendado, o vendedor retorna ao fornecedor para a prestação de contas, ou seja, ele devolve as mercadorias que sobraram e faz o pagamento daquilo que foi vendido.

Esse tipo de venda é a principal fonte de renda de muitos varejistas que trabalham com diversas marcas. Sua vantagem competitiva é a liberdade de ter um grande estoque com um pequeno investimento, com pouco risco de prejuízo. Já o fornecedor poderá mostrar seus produtos para uma maior quantidade de pessoas, mas precisa estar sempre atento para manter o estoque em dia para não correr o risco de fechar grandes vendas sem conseguir atender todos os pedidos.

Quais os principais benefícios das vendas consignadas?

Para o vendedor:

  1. Não tem prejuízo caso o produto não seja vendido.
  2. Não tem a necessidade de se preocupar com a mão de obra e matéria prima dos produtos.
  3. Não é necessário gastar com cuidados de manutenção, pois isso é de responsabilidade do fornecedor.
  4. Ampla variedade de produtos em estoque para vender mais.

Para o fornecedor:

  1. Não precisa ter lojas físicas ou digitais para expor seus produtos.
  2. Não é necessário se preocupar com estratégias de vendas e marketing para vender determinado produto.
  3. Facilita o acesso dos clientes a novos produtos.
  4. A visibilidade de seus produtos será bem maior. Ou seja, quanto maior a exposição e a facilidade de compra, maior são as vendas e o lucro.

Como a consignação pode ajudar meu negócio?

Atualmente, os custos para fabricação e venda de produtos são altos, e a venda consignada permite dividir esses valores, impostos e esforços. Inclusive, a consignação encurta o ciclo de venda para chegar até o consumidor final.

Ao fazer uma parceria com um vendedor, o fornecedor evita o esforço de prospectar clientes tanto em meio físico como online. E o vendedor não paga os custos e mão de obra da fabricação dos produtos. Assim, ele terá apenas que se preocupar em conquistar o público-alvo e fechar uma venda.

A estratégia de venda consignada é vantajosa tanto para os vendedores tanto para os fornecedores. Para os primeiros, é uma excelente forma para aumentar o número de vendas sem custos com a produção e responsabilidade pelo produto. Para os fornecedores, uma boa maneira de aumentar o lucro e conquistar um público maior, sem se preocupar com a captação de clientes. 

Mas antes de começar a vender desta forma, os vendedores precisam conhecer bem os produtos que vão vender, pois quem estará na linha de frente precisa passar credibilidade e confiança. Antes de começar a vender determinado produto, saiba todas as informações necessárias e também tenha uma resposta para todas as possíveis dúvidas dos clientes. Veja também como os seus concorrentes estão vendendo esses produtos e se você tem um diferencial competitivo.

→ Fazer a verificação de quais produtos serão rentáveis é muito importante. Veja quais vão oferecer a melhor margem de lucro e melhores comissões.

Como funciona o processo de consignação?

  1. O fornecedor envia a mercadoria para o vendedor e emite uma NF-e de Remessa em Consignação.
  2. Caso seja necessário algum reajuste de preço nas mercadorias, deve ser comprado através de uma  NF-e complementar de Remessa em Consignação.
  3. Quando o vendedor vende alguma mercadoria, é necessário emitir uma NF-e de Venda de mercadoria recebida em consignação mercantil para o cliente final e outra de Devolução simbólica de mercadoria recebida em consignação para o fornecedor. Já o fornecedor precisa emitir a NF-e de Venda de mercadoria remetida em consignação mercantil para o vendedor.
  4. Quando não há vendas, o vendedor precisa devolver as mercadorias em consignação através da NF-e de Devolução de Mercadoria Recebida em Consignação.

Você já trabalhou com esse tipo de venda? Quais foram os maiores desafios? Conta pra gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: