Geolocalização de clientes garante economia e otimização de tempo

24 de setembro de 2019 em Notícias

A correria do dia a dia está cada vez maior, e com o avanço da tecnologia, utilizar um aplicativo de geolocalização, que informa a melhor rota de trânsito, localização do cliente e criação de rotas automatizadas, por exemplo, é uma forma de economizar recursos e otimizar seu tempo. Sabemos que as empresas atendem públicos e perfis de clientes bem distintos, espalhados por diversas cidades e bairros. Pensando nisso, o SuasVendas criou uma ferramenta incrível que ajuda vendedores a aumentarem as vendas usando a geolocalização para ter mais facilidade no caminho até o próximo cliente.

Afinal, como funciona a geolocalização de clientes? 

De forma rápida e com apenas um toque, é possível definir a localização atual do cliente. Assim, quando o vendedor chega até o local de visita, basta que ele abra o cadastro do cliente no móvel, clique em Ações > Definir no Mapa. Com isso, o sistema usa o GPS do dispositivo (tablet ou celular) para definir onde é a geolocalização exata do cliente.

Quais são os benefícios? 

1. Visualizar onde os pedidos foram emitidos

No sistema online, depois que os vendedores sincronizam os pedidos, é possível abrir o mapa e ver onde os pedidos foram emitidos. Basta acessar o menu Relatórios > Clientes > 1061 – Relatório Mapa de Vendas ou usar o relatório 1062 – Mapa de Visitas para ver no mapa onde os vendedores fizeram check-in e se teve ou não pedido emitido.

2. Visualizar os clientes mais próximos de você

O cotidiano de quem trabalha com vendas é repleto de visitas e muitas vezes acabam se perdendo nas rotas. Com o SuasVendas esse problema não acontece! Com apenas um clique é possível visualizar todos os clientes e prospects que estão próximos da sua localização.

3. Mapa de calor das visitas por GPS

Já pensou que fantástico conseguir visualizar e monitorar as áreas mais e menos visitadas pelos vendedores. É uma excelente forma de criar novas estratégias de vendas.

4. Rotas automatizadas 

Por meio do aplicativo do SuasVendas para Android você cria rotas de visitas se baseando na região ou grupo de cliente. Assim, você economiza bastante ordenando as visitas por distância e dirigindo até o local guiado pelo GPS, que oferece o caminho mais rápido e com pouco trânsito.

5. Check-in e Check-out no cliente

Ter um bom controle das visitas de todos os vendedores nem sempre é fácil para o gestor. Por isso, criamos a solução ideal para esse problema. Basta acessar o SuasVendas para ter um controle exato sobre o tempo de visitas dos vendedores por geolocalização (GPS). Fácil e prático!  → Clique aqui e faça um teste de 14 dias no SuasVendas.  O que achou da geolocalização de clientes? Já utiliza na sua empresa? Conta pra gente! Qualquer dúvida, basta deixar um comentários abaixo. ]]>

Mudanças no cheque especial começam dia 1º de julho

29 de junho de 2018 em Dicas, Notícias

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) anunciou um novo regulamento que terá que ser aplicado pelos bancos juntos aos clientes que utilizam o cheque especial, a partir do dia 1º de julho. O cheque especial é uma linha de crédito pré-aprovada, sem nenhum tipo de exigências de garantias, que fica a disposição do cliente a qualquer momento. Por causa dessas características, os juros são mais elevados em comparação aos de linha de mais longo prazo. As taxas de juros permaneceram altas durantes muitos meses deste ano, apesar da forte redução promovida pelos Banco Central na taxa Selic, que atualmente está na mínima histórica de 6,5% ao ano. Por conta dessa situação, representantes da equipe econômica do governo Michel Temer indicaram a adoção de medidas para forçar a queda dos juros do cheque especial.

O que prevê o novo regulamento?
  • O banco irá avisar sempre que você entrar no cheque especial.
  • Se você tiver uma dívida no cheque especial que supere 15% do seu limite, durante 30 dias consecutivos, o banco vai oferecer outro produto de crédito com juros menores e pagamento parcelado para a quitação da dívida. Esta oferta se dará por qualquer dos canais utilizados pelo cliente e só ocorrerá mediante concordância do titular da conta.
  • Em seu extrato, o valor do seu saldo sempre deve aparecer separado do limite do cheque especial.
  • Você poderá entrar em contato com o seu banco em qualquer momento para negociar sua dívida.
O cheque especial pode ser uma ótima alternativa caso você precise de dinheiro, porém deve ser utilizado com consciência. Procure sempre seu banco e saiba sobre a opção de crédito mais adequada à sua necessidade. Tem alguma dúvida? Pergunta pra gente nos comentários e compartilhe o post com os amigos! ]]>

3 Dicas para reduzir custos de vendas

26 de março de 2018 em Abordagem de Vendas, Dicas, Software de Gestão

Ter um bom plano de redução de custos requer uma análise elaborada das dinâmicas de vendas e comportamento dos clientes. Ao tomar conhecimento dos seus gastos e conhecer bem seu público, a empresa poderá investir recursos de forma mais segura e reduzir desperdícios com tempo e dinheiro em ações que não estão funcionando bem. O principal objetivo das estratégias de corte de gastos deve ser promover vendas menos dispendiosas, mas também torná-las mais eficazes. É preciso concentrar esforços em garantir o sucesso dos negócios e diminuir o risco de comprometer o crescimento. Listamos algumas dicas que podem ser muito úteis em situações de redução de custos nas empresas. Confira:

  1. Automatize o processo comercial e de vendas
Até mesmo uma equipe extremamente qualificada precisa de boas ferramentas para atuar de forma satisfatória. Portanto, encontrar meios de economizar tempo de modo com que os vendedores fiquem mais focados nas vendas é primordial. Investir em softwares de vendas com o intuito de trazer automação e agilidade no processo comercial para converter mais vendas pode ser uma ótima maneira de começar a reduzir custos e melhorar a produtividade. Com o auxílio de um bom software de vendas será possível emitir pedidos e orçamentos com mais facilidade, acompanhar clientes e prospects por meio do CRM, saber o que tem em estoque e o que está em falta, e muito mais! Uma das grandes vantagens desses sistemas é a possibilidade de acesso a qualquer momento e em qualquer lugar, permitindo que os vendedores utilizem as funcionalidades por meio do celular.
  1. Faça análises rigorosas
Uma boa análise das ações voltadas às vendas faz toda a diferença dentro de uma empresa. Ela permite que você desenhe estratégias mais assertivas e descarte métodos pouco eficazes. Notamos que muitas empresas coletam métricas, mas não as utilizam ao seu favor. Métodos de medir os resultados precisam ser criados para fazer os ajustes necessários nas ações e  para ajudar a tomar decisões baseadas em dados reais. Leia também “Saiba como reduzir custos do seu processo de vendas”. 
  1. Evite erros
Após realizar uma análise elaborada você poderá identificar oportunidades de redução de custos e criar uma estratégia de implementação em poucos meses, porém, é preciso evitar decisões precipitadas, que são bem comuns em momentos de crise. Foque em suas prioridades em curto prazo, sem deixar de levar em conta que nem tudo pode ser feito de uma vez. Alguns erros são bem comuns no momento da redução de custos, como cortar o apoio de departamentos que realizam atividades da parte operacional e gerencial. Esse é um dos equívocos mais frequentes que acaba gerando desperdício de tempo dos vendedores, pois eles passam a assumir tarefas extras, como criação de relatórios e desenvolvimento de materiais de vendas que não devem ser atividades de quem é contratado para vender. Antes de fazer qualquer corte de gasto, veja o que é importante e qual será o impacto gerado. Pequenas mudanças podem gerar grandes dores de cabeça. Muitas organizações provam que é possível aumentar a lucratividade ao reduzir despesas de vendas. Mas para que isso aconteça, priorize a manutenção de recursos suficientes para proteger as receitas atuais. Alguns gestores podem enfrentar uma certa resistência por parte da equipe de vendas devido a mudança de processos. Por isso, é importante deixar claro para os colaboradores que essas transformações não tem somente o objetivo de reduzir custos, mas também de melhorar a satisfação e retenção de clientes. Investir na redução de custos da forma correta e responsável pode gerar muitos benefícios aos negócios. Portanto, faça isso da maneira correta e melhore seus resultados. Tem alguma dúvida? Pergunta pra gente nos comentários e não se esqueça de compartilhar o post com os amigos.]]>

4 Dicas para reduzir o custo de aquisição de novos clientes

19 de maio de 2017 em Abordagem de Vendas, Dicas, Software de Gestão

1. Invista na pré-venda Não é somente com o marketing digital que você pode reduzir os custos de aquisição de novos clientes. Investir na pré-venda é uma ótima opção. Conheça os leads mais relevantes e com o maior índice de conversão. Assim, você pode oferecer apenas produtos e serviços que são adequados à sua necessidade. Mas como saber quais leads entregar para a equipe de vendas primeiro? Bom, é preciso fazer uma segmentação profunda, onde um pré-vendedor coleta dados densos, como: requisitos técnicos, situação atual, condicionamento de recursos e etc. O importante é se aprofundar na realidade do lead para traçar estratégias de soluções que podem ajudar a vida dele.

2. Reforce o relacionamento
Ter uma aproximação com o público é fundamental para que seja criado um laço de confiança. Se o cliente não se sentir seguro, a empresa pode ficar vulnerável e pode ser facilmente substituída pelo concorrente. Você pode utilizar e-mail marketing para te ajudar nessa aproximação. Porém, é preciso usar com cautela e sempre dentro de um contexto. Se você leva mensagens úteis para seus clientes, como ofertas e descontos, melhora a interação e também o engajamento. Com esse tipo de aproximação, sua empresa tem boas chances de ser lembrada em uma decisão de compra futura e sem investir em mídia paga.
3. Retenção de clientes e indicações
Não basta apenas conseguir clientes e ter um bom relacionamento, é preciso retê-los em sua base principal e fazê-los consumir seus produtos ou serviços. Uma vez que você fidelizou o cliente, ele irá compartilha sua marca e indicar sua empresa para outras pessoas. O boca a boca é uma das formas mais antigas e eficaz de promover um produto ou marca. Você pode conseguir mais consumidores e incentivar seus clientes e indicarem sua empresa, oferecendo descontos, por exemplo. Fidelizando clientes e conseguindo indicações, você estará indiretamente reduzindo seu custo de aquisição de clientes.
4. Monitoramento dos resultados
Após realizar as ações com foco em um público específico, é necessário fazer uma avaliação e mensurar os resultados para entender se sua empresa estás no caminho certo. Essa análise permite que você melhore campanhas e tome decisões mais precisas, baseadas em dados. Atualmente, temos softwares de gestão que podem te ajudar nisso. Diminuir o custo de aquisição de clientes (CAC) não é fácil e precisa ser um objetivo frequente dentro da sua empresa. Mas com essas dicas e com uma boa equipe, com certeza você terá bons resultados. O que sua empresa faz para reduzir o CAC? Conta pra gente nos comentários e compartilhe o artigo. 😉]]>