6 Maneiras de saber se a sua empresa segue a lei

Tempo de leitura: 2 minutos

Sua empresa cumpre fielmente todas as obrigações relacionadas a tributos, fornecedores, funcionários e relacionamento com o cliente? Não? Neste artigo você vai ver algumas dicas que vão te ajudar a conhecer melhor seu negócio.

É muito comum que os empreendedores tenham dúvidas sobre a regularidade jurídica dos seus negócios, ou seja, se estão realmente cumprindo todas as leis. Mesmo que você tenha contratado uma assessoria jurídica, muitas vezes não sabe nem mesmo quais perguntas precisa fazer para tirar todas as dúvidas.

Essa atuação preventiva da empresa em relação ao cumprimento de leis e regulamento se chama compliance (termo em inglês que significa conformidade). Veja a seguir seis perguntas indispensáveis que você precisa ter a resposta para saber se sua empresa respeita as leis e se ela atua em conformidade com as normas da sua atividade.

  1. Temos todos os alvarás e licenças de funcionamento?

É essencial que você possua todos os alvarás e licenças necessárias para atuar. Atualmente, o Estado e o Município exigem muitas autorizações, e se você descumprir com essas obrigações possivelmente irá receber autos de infração, multas e em alguns casos até mesmo o fechamento da empresa.

  1. Todos os clientes possuem contrato?

Nem toda empresa necessita ter um contrato escrito com seus clientes, porém quanto mais clara for a regra da venda, mais fácil a comunicação e, consequentemente, menor o desgaste no fluxo de venda. Se o seu negócio demanda contrato padrão por escrito, revise-o com frequência e com base nas experiências passadas.

  1. Nosso negócio está regularmente constituído?

Estar regularmente constituído é uma obrigação prevista na legislação e que pode afetar os negócios. A questão societária, muitas vezes, é colocada em segundo plano, o que é um erro. Deixe tudo regularizado e evite problemas.

  1. Respeitamos o Código de Defesa do Consumidor?

O código é do consumidor e nasceu para protegê-lo. Porém há diversos direitos para as empresas que são desconhecidas pelos gestores, como a troca de mercadoria, por exemplo, que só é obrigatória caso a venda tenha sido feita fora do estabelecimento comercial. A empresa que respeita o consumidor será vista com um diferencial no mercado, pois hoje há diversos mecanismos de reclamação que podem prejudicar a reputação de uma empresa.

  1. Respeitamos a legislação trabalhista?

Sua empresa deve seguir inúmeras regras que vão além do pagamento do salário. É necessário verificar a convenção coletiva de trabalho e se os funcionários trabalham em um ambiente adequado. Sua empresa só será viável a longo prazo se respeitar a legislação trabalhista, pois o custo de uma ação judicial é bastante alto.

  1. Há contrato com todos os fornecedores?

Comprar corretamente é tão importante quanto vender, pois é uma das chaves de ouro dos negócios. Os contratos precisam ser feitos, pois garante o prezo de entrega e preços negociados, além de lhe dar segurança. Eles são necessários para quem os descumprem, então, um bom fornecedor não terá resistência em assinar um contrato com você.

Tem mais alguma dúvida? Pergunta pra gente nos comentários e compartilhe o artigo com os amigos. 😊

Com informações do Venda Mais

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: